Monthly Archives: Fevereiro 2015

Flores para colorir a varanda

Eu pessoalmente tenho um dó danado de dar arranjos de flores de presente… é coisa minha. Acho eles lindos, lindos, mas… “eles murcham, eles morrem”… (viva Marcelo Jeneci) E isso me corta o coração!

É claro que isso funciona diferente quando são flores que você pode plantar e cultivar! Essas eu ADORO – dar e receber!

E eu já estava meio nervosa com uma parede branquelinha que surgiu depois de uma reforma lá na casa da minha irmã! Rs. Como estava chegando o aniversário do meu cunhado, perguntei o que ela achava de dar uma corzinha praquele cantinho de jardim… é claro que ela deu carta branca! Então, de presente pro cunhado querido… Flores para colorir a varanda!!! hahaha… será que ele gostou? Podem apostar que sim! Conheço o eleitorado! 😉

Nada de sofisticado. Usei suporte de ferro para os vasos, retalhos de madeira de demolição do piso lá de casa, vasinhos de cerâmica, terra preta e flores.

Como eu não estava achando um ferro para usar de suporte para os vasos do jeito que eu queria, pedi pro serralheiro fazer! No fim das contas, ficou menor do que eu pedi… aí eu me escabelei procurando vasinhos menores!… mas deu tudo certo!Flores para colorir a varanda

Passei neles uma demão de zarcão, que é um fundo anti-ferrugem, importante principalmente se a peça vai ficar em área exposta à chuva ou maresia… Escolhemos pintar na cor preta. Eu usei tinta spray, pra facilitar o trabalho.

Bom, foi assim que eu entreguei o presente… pedaços de uma decoração ainda por instalar! Bom, sabem como é… eu queria incluí-los no processo… (ou o tempo me apertou mesmo!)

Mas logo veio o final de semana e conseguimos colocar os vasinhos na parede!

Pessoinhas ilustres observando tudo!… Não ajudaram, mas fizeram companhia.

 

Flores para colorir a varanda

Usei 2 tipos de plantas. Uma se chama Crossandra. Tem flores laranjinhas, que dizem que dura o ano todo e precisam ser molhadas todos os dias (pelo menos no verão)… São lindas! A outra é uma suculenta pendente, bem resistente!

Flores para colorir a varanda

Flores para colorir a varanda

Não tem passo a passo, porque é muito simples! Usamos os pedaços de madeira do jeitinho que estavam, já cortados. Colamos um pedaços de fita adesiva na parede para escolher a melhor distribuição. Parafusamos cada um dos pedaços de madeira na parede, usando parafuso e bucha. Depois usamos a parafusadeira para parafusar os suportes de ferro na madeira e pronto! Faltou só colocar os vasinhos!

Vejam se uma corzinha não fez um bem danado aqui?…

Flores para colorir a varanda

Flores para colorir a varanda

Minha família mora toda muito próxima, praticamente no mesmo terreno – eu, meus pais, minhas 2 irmãs e meu irmão, cada um com seus agregados! Eu sei que isso não funcionaria pra todas as famílias, mas por aqui dá super certo! Então a gente usa bastante os quintais de casa. Aqui na Julie, os meninos ficam brincando com essas pedrinhas do chão ou pelo resto do jardim, enquanto a gente senta ali e fica de papo, tomando um chimarrão no final de tarde ou nas manhãs de final de semana… Consideramos isso um privilégio!

Mas vejam mais da paredinha…

Flores para colorir a varanda

Flores para colorir a varanda

Ó se não é uma lindeza essa suculenta?…

Flores para colorir a varanda

E aí, não ficou bem melhor com as flores? Às vezes precisa menos do que a gente pensa pra transformar a cara de um pedacinho de parede, né?… Bora pôr a mão na massa?

Add a comment...

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

Tree Change Dolls

Ontem à noite eu estava lendo com os meninos uma estória da Ruth Rocha que eu adoro, a Cinderela das Bonecas. A vó Neném é uma senhora que vive rodeada por crianças, que adoram comer seus doces, ouvi-la contando estórias, aprender suas brincadeiras de infância… Um dia ela ajuda a menina Mariana a transformar uma boneca velha em uma princesa, para levar na festa das bonecas das meninas da rua. Ela faz isso usando as várias coisas que encontra em suas caixinhas – botões de cristal, rendas, fitinhas douradas, uma peruquinha… e vai conversando com Mariana que a gente não pode só ir comprando, comprando… que temos que aproveitar o que temos e consertar quando necessário! Os meninos daqui de casa ficam rindo e dizem que a vó Neném parece comigo! Ôba! Tomara que eu seja também uma vozinha cheia de crianças em volta!!! 😉

Depois que eles dormiram eu fui atrás de um vídeo que eu vi no facebook uns tempos atrás, pra compartilhar com vocês, da Sonia, uma cientista australiana que gostava de brincar com bonecas, reformá-las, modificá-las… Um dia ela decidiu compartilhar na internet o que andava fazendo e acabou chamando a atenção do mundo todo, não só por dar vida nova a bonecas que iriam para o lixo, mas principalmente pela mudança de conceito de bonecas que ela gerava! Elas ganham roupinhas novas, pezinhos quando estes estão faltando, penteados novos, sardinhas, olhos mais reais, sombrancelhas de crianças normais… Principalmente deixavam de ter aquele ar de boneca sensual para dar lugar a rostinhos que se assemelham aos de meninas normais. Dá pra perceber a diferença que isso deve fazer no imaginário das crianças que brincam com elas?

É uma pena que o vídeo esteja disponível só em inglês, mas decidi compartilhar mesmo assim…

O que mais me chamou a atenção foi a reação das meninas brincando com as bonecas renovadas: “Essa se parece com a minha amiga Magie”; “Agora parece que elas têm a nossa idade”…

O marido dela também destacou uma coisa importantíssima! “Olhando as fotos do antes e depois, conseguimos perceber que a imagem que as bonecas têm é uma escolha das empresas que as fabricam!”

Vejam algumas das fotos que estão na fan page deles:

Tree Change Dolls

Tree Change Dolls

Tree Change Dolls

Tree Change Dolls

Não é uma mudança radical? Tem até uma banguelinha linda ali! Eu adorei!

Acessem a fan page deles para saber mais!

E se alguém achar por aí o vídeo com legendas, por favor, me avise pra eu trocar aqui!

Add a comment...

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

FAVORITOS DE TODOS OS TEMPOS