Monthly Archives: Janeiro 2016

Como fazer um terrário

Já tem um tempinho que eu andava com vontade de fazer um terrário. Li um bocado aqui e ali sobre como fazer um em casa e, no dia anterior ao aniversário do Pedro, em uma ida à floricultura, eu decidi que montaria o meu. Comprei o que faltava e montei assim que cheguei em casa, super rapidinho. Juro que eu acho que não levei 20 minutos pra ficar com essa coisa maaaais linda em casa!

como fazer um terrario

Quer saber o que eu usei? Anota aí!

  • Pedriscos
  • Fibra de coco
  • Terra preta
  • Musgos
  • Suculenta
  • Itens decorativos (o que a imaginação permitir)
  • Casca de pinus ou pedras (opcionais)

Eu usei esses 2 tipos de musgos: O musgo bola (comprei na floricultura) e o musgo desses que crescem no jardim ou no meio fio… especialmente em locais de bastante umidade. Esse último eu retirei da calçada aqui em casa, usando uma espátula. O musgo bola dá um volume super bacana para o terrário.

A fibra de coco pode ser substituída por esfagno ou mesmo areia. Ele serve para ajudar na drenagem do excesso de água, sem que a terra preta caia para o meio dos pedriscos.

Eu acho super bacana usar alguma coisinha para dar um ar de floresta em miniatura pro terrário. Pode ser, como eu usei aqui, uma casinha de cerâmica; ou bonequinhos daqueles usados pra fazer maquete ou mesmo algum animalzinho da coleção do filhote! Rsss…

Aí é só colocar tudo em camadinhas, nessa ordem aí de baixo:

como fazer um terrario

O resultado não é lindo de morrer? Eu acho… 😉

Para mantê-lo úmido, eu estou borrifando água dia sim, dia não, por enquanto. Parece que está indo bem.

E nas buscas que eu fiz, achei muita coisa bacana sobre musgos. Por exemplo, você sabia que batendo em um liquidificador musgo, água e leite coalhado, você faz um caldo que pode ser pincelado em qualquer lugar para fazer mais musgo? Tipo assim, dá pra cobrir a casa!!! Aqui no Apartment Therapy eles mostram os detalhes.

E se você for super cool, vai ficar com vontade de transformar essa sopa aí de cima em uma escultura de musgo como essa aqui:

Aqui e aqui estão exemplos de como usar os mini personagens…

E se quiser fazer um terrário aberto, olha esse usando um vaso quebrado! Achei lindo, lindo!!!

É isso aí, gente, espero ter deixado alguém por aí com coceira a mão pra fazer também!

E lembrem-se, se alguém decidir fazer um por aí, me mostra, please!?… Vou adorar ver como ficou!

Add a comment...

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

Piquenique de aniversário

Já faz quase 2 semanas que rolou o piquenique de aniversário do Pedroca.

Parece difícil de acreditar, mas esse nosso moleque já completou 7 anos de vida. Menino doce, paciente, tranquilo, de fala mansa, introspectivo, companheiro… até responsável ele é, apesar de eu achar tão estranho um adjetivo desses caber a uma criança…

Eu acho muito legal perceber o quanto cada filho nos mobiliza de maneiras diferentes; nos faz rever padrões de comportamento que consideramos ideais ou “normais”.

Nunca em vida eu achei que teria um filho tímido, que não faz questão de falar quando está em um grupo grande, muito menos de retribuir um abraço de cumprimento de um adulto. Além disso, que fosse desses tipinhos que falam pouco sobre o que sentem; que preferem se recolher quando estão tristes e resolver tudo com as próprias caraminholas… E o Pedro faz isso muito bem, diga-se de passagem. Claro que, como mãe, eu fico procurando as brechinhas existentes para chegar no coraçãozinho dele e descobrir a melhor forma de ajudar.

Agora bota ele perto dos amigos e aí a gente percebe como são fortes os seus laços de amizade! Os amigos são muuuito amigos. São parceiros, são fiéis, são pra toda hora…

E ele é dono de uma energia que me impressiona! Um super aventureiro! Ele domina desde muito cedo os movimentos do seu corpo e sabe muito precisamente quais são os seus limites. É super legal de ver isso de perto e perceber o quanto isso tem impacto positivo na sua auto-estima.

Esse combinado de características faz do Pedro um menino que eu amo demais! Sossegado, observador, bom amigo, bom ouvinte, cuidadoso, persistente…

Não me entendam mal. É claro que ele não é assim o tempo todo. Ele sabe ser super barulhento, sabe ser reclamão, sabe deixar a mãe de cabelo em pé brincando de lutinha em cima da cama com o irmão… Afinal, ele é uma criança. Mas quando eu olho lá na sua essência, no seu coração, é esse menino lindo que eu vejo se desenvolvendo e se descobrindo.

Torço pra poder estar por perto sempre que ele precisar de ajuda para encontrar os próprios caminhos; e que ele faça isso respeitando quem ele é e sabendo que ele tem qualidades muito valiosas e até algo raras nos dias de hoje…

Por enquanto, estamos aprendendo juntos.

Enfim… eu vim aqui mesmo foi pra mostrar o piquenique, né?… Pois é, operacionalmente falando, nós montamos tudo num intervalinho de 1 semana. Não rolou nenhuma mirabolância, mas tudo foi feito com muito carinho, off course!

E vejam que bacana… o piquenique foi no parquinho do bairro, onde eu passei muuuitas tardes da minha própria infância. Adoro aquele lugar, por motivos óbvios! hihihi…

Com vocês, uma enxurrada de fotenhas. Mil perdões, mas eu-sou-assim… vocês já me conhecem!

aniversário de piquenique

aniversário de piquenique

aniversário de piquenique

piquenique de aniversário

aniversário de piquenique

aniversário de piquenique

aniversário de piquenique

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

E claro que rolou muito futebol! Muuuito!

piquenique de aniversário

piquenique de aniversário

É isso. Foi uma tarde de muita diversão pra criançada. O Pedro ficou super feliz! Eu fiquei super cansada. E feliz!

Add a comment...

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

FAVORITOS DE TODOS OS TEMPOS