Balangandã

No ano passado as professoras do Pedro (que, diga-se de passagem, são ótimas!) fizeram com os alunos um resgate das brincadeiras de criança da época dos seus pais . Foram 3 meses em que eles brincaram de amarelinha, elástico, cantigas de roda, pipa, esconde esconde, elefante colorido (quem lembra disso?) e mais um monte de brincadeiras daquelas de correr pelo pátio que a gente adorava! Era muito legal eles trazendo isso de volta pra nossa vida. Várias dessas brincadeiras passaram a fazer parte das nossas tardes em casa desde então. O final do projeto coincidiu com o dia das mães e nós ganhamos de presente uma caixa com diversos “insumos” para essas brincadeiras. Dentre os itens estava um balangandã, que eu nem sabia que tinha esse nome e muito menos tinha imaginado fazer um caseiro. Os meninos adoravam brincar com ele! Depois que ele se desfez pelo excesso de uso, fizemos outros usando papel crepom, que também já era, mas que foi bem curtido!

Pois vou mostrar agora o passo-a-passo para fazer um balangandã bacana que diverte pequenos e grandes… Quem sabe não é, também, uma boa ideia para lembrancinha de aniversário? Ou mesmo pra dar de presente…

BalangandãVocê pode usar fitas de cetim como eu usei, papel crepom ou papel laminado (daqueles com brilho, que são usados em embalagem de presente). Comece dobrando um papel A4 normal até que ele fique como nas figuras abaixo.

Balangandã

Corte as fitas no tamanho aproximado de 1,3m e posicione o centro delas dentro desse envelope. Suas pontas não precisam ficar bem simétricas, não. Depois dobre esse envelope ao meio. Veja:

Balangandã

Para que o balangandã funcione bem, ou seja, tenha um movimento legal de brincar, é preciso que essa extremidade fique pesada. Para isso você pode colocar uma pedrinha dentro dessa dobra.

balanganda

Agora é hora de esconder o truque. Corte um quadrado de tecido ou de papel colorido e dobre-o sobre o papel. Agora passe um cordão na dobra de baixo e dê algumas voltas com ele para fixar o tecido. Acabe com um nó.

BalangandãBalangandãBalangandã

Lembre-se de queimar levemente as pontas das fitas para que elas não comecem a se desmanchar. Se você tiver que fazer esforço para que o balangandã gire, provavelmente o peso que você colocou não foi suficiente. Tente trocá-lo. O balangandã deve ter um movimento bem leve.

Agora é só liberar pros pequenos! Com o tempo eles aprendem a fazer movimentos mais complexos, com mais de um balangandã.

Balangandã

BalangandãE também criam brincadeiras alternativas… O Pedro gosta de jogar pra cima, pra vê-lo caindo tipo cauda de cometa…

BalangandãDiga aí… facinho, né? E muito legal de brincar…

Divirtam-se!

Você também poderá gostar de:

no comments
Add a comment...

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

POSTS RECENTES

FAVORITOS DE TODOS OS TEMPOS